Útil


Lançamento do livro “O Velho Mundo”

Convite para o lançamento do livro “O Velho Mundo”, de Kátia Regina Souza. Divulgação/Giostri e Palavraria.

No dia 13 de abril (quarta-feira) haverá o lançamento do meu primeiro romance de literatura fantástica: “O Velho Mundo – Abrem-se os portões de Erebo“. O evento acontece na Palavraria (Rua Vasco da Gama, 165), aqui em Porto Alegre, e terá início às 19h.  Quem não conseguir aparecer no lançamento e quiser adquirir um exemplar poderá encomendar o livro diretamente comigo (com direito a autógrafos e marcadores de página), a partir do dia 21 de abril! Para mais informações, não hesite em entrar em contato via e-mail ou Facebook.

Tudo o que já foi criado corre o risco de ser destruído – essa é a primeira e mais dura lição que os pequenos primos Cantrell aprenderam sobre a vida. Roubados de suas infâncias confortáveis, as crianças assumem a responsabilidade de defender os treze mundos quando a própria essência do mal escapa das Terras de Erebo: Cruciare, a fonte macabra de nossos piores pesadelos.

Ao mesmo tempo, uma profecia ameaça as terras e apenas um elixir pode impedir que o efeito desta seja catastrófico. Em uma jornada de luta, novas amizades e autoconhecimento, Daniel, Olívio, Tiago, André, Clara, Débora, Gabriela, Ágata e Eduardo Cantrell enfrentarão adversidades e, em meio a dores e perdas, descobrirão o verdadeiro significado da palavra família.

Afinal, até onde você iria por amor?


Barato Literário promove palestra com Giulia Moon

Divulgação/Barato Literário

De maneira a estimular a interação entre o público leitor e os autores nacionais, o blog Barato Literário deu início a um projeto que visa a organização de eventos literários bimestrais (e gratuitos!). Em sua próxima edição, a ocorrer no dia 30 de janeiro, a iniciativa trará a escritora Giulia Moon para discutir o tema criação de personagens. Como convidados especiais, se farão presentes o autor Walter Tierno e a cosplayer Giovanna Sayuri. Confira a programação oficial:

15:00 – Abertura (conduzida por Dany Fernandez, a idealizadora do blog Barato Literário)
15:10 – A criação de personagens (palestra com Giulia Moon)
16:10 – Concurso cosplay
16:30 – Sorteios de livros
17:00 – Sessão de autógrafos e encerramento

O encontro, aberto à comunidade, acontecerá na Biblioteca Viriato Corrêa (Rua Sena Madureira, 298, Vila Mariana – SP). Seja você escritor, leitor ou apenas curioso, não perca esta excelente oportunidade de aprender um pouco mais sobre a escrita criativa com Giulia Moon, autora da série Kaori e uma das melhores escritoras de literatura fantástica do Brasil.


Sobre a escrita 4

Sobre a escrita

Reprodução/Suma de Letras

Nestes minutos finais do Dia Mundial do Livro e do Direito de Autor (23 de abril), eu poderia falar a cerca de muitas obras. Mesmo se eu levasse em consideração apenas publicações atuais, eu ainda teria uma infinidade de possíveis escolhas a minha disposição. É por isso que decidi não me limitar a um único gênero literário, mas discutir a característica que todos têm em comum: a escrita.

“Sobre a escrita” (On Writing: A Memoir of the Craft), de Stephen King, conta como um dos maiores autores de ficção de nossa época se tornou um escritor, trazendo relatos de sua vida pessoal e ensinamentos referentes à linguagem. O que eu gostei em demasia é o fato dele abrir o prefácio sem prepotência. Ele diz que já tinha a ideia de fazer algo deste tipo há tempos, mas não sabia se dispunha de legitimidade suficiente para tentar ensinar alguém a escrever. Por este motivo, decide focar em suas próprias experiências em vez de criar um mero manual.

O livro é curto, nas palavras de King, “porque a maioria das obras sobre a escrita está cheia de baboseiras”. Suas 255 páginas encontram-se repletas de anedotas e dicas aos escritores iniciantes. Mas elas não são interessantes apenas àqueles que desejam seguir os passos do autor: “Sobre a escrita” tem um forte lado humano que o torna diferente dos demais tutoriais. King narra suas tentativas infrutíferas de ser publicado no início da carreira, os problemas decorrentes de precisar prover para sua família e outros desafios que teve de enfrentar. No final do exemplar, encontrei também uma lista com diversos títulos recomendados por ele.

Eu fiquei sabendo de “Sobre a escrita” por meio de uma postagem em um grupo do Facebook na madrugada de segunda-feira, 20 de abril. Comprei o livro meia hora depois. Meu cartão de crédito não gostou muito da decisão, mas eu adorei! Aliás, se soubesse da existência dele antes, já teria adquirido a versão em inglês (a obra foi traduzida recentemente por Michel Teixeira e publicada pela Suma de Letras). É uma leitura agradável e rápida, que pode facilmente ser consultada no caso de dúvidas futuras. Eu indicaria para qualquer um que aprecia boas lições e histórias.